ENTREVISTAS

LIDIANE ASSIS, UMA VENCEDORA DENTRO E FORA DAS QUADRAS

.:: lidiane_assis_uma_vencedora_dentro_e_fora_das_quadras_64391_1_pt_122615.jpg ::.

Atravessando pampas, rios, montanhas, mares, frio e calor, atrás do Basquete apesar de ter muitos sonhos a realizar, me sinto realizado por ter em meu currículo, coberturas de todas as competições nacionais, desde as categorias de base, até ao adulto. Atravessei fronteiras e fiz 23 coberturas internacionais, competições essas, envolvendo clubes e seleções.

            Em cada uma delas, era uma alegria múltipla; registrar o evento, divulgando, fotografando, conhecendo lugares e pessoas. Isso a cada dia, me sinto feliz só de pensar que um dia, pude realizar sonhos que nunca antes, sonharia que um dia conseguiria tal ou tais façanhas.

            Sem dúvidas nenhuma, ter a oportunidade de conhecer personagens que fazem meu esporte favorito acontecer. E quanto a isso, me sinto realizado, mas o sonho continua, quero conhecer mais e mais

            Numa das minhas andanças atrás do Basquete, não só conheci a cidade de Franca, a Capital do Basquete, como os atletas, os torcedores, a imprensa, e gente que tem o Basquete no sangue. Tive a oportunidade de conhecer uma pessoa maravilhosa, linda, amiga, elegante, cheia de charme e um coração transbordando de amor. Nos jogos masculinos, ela estava na torcida, nos femininos, ela em quadra. Nas escolas da cidade, ela ajudando crianças quer através do basquete, da dança, uma eximia professora, a encontrarem uma formação cidadã, cívica e esportiva, através de sua conduta.

Foi assim que conheci, ganhei mais uma amiga dentro do basquete, que passei a admira-la cada vez mais.

Essa moça que passou uma vida nas quadras de basquete, aqui no Brasil e além mar, onde conheceu o Velho Mundo através de seu talento.

            Essa maravilha se chama Lidiane de Assis. Natural de Franca, já atuou em muitas equipes de ponta do nosso basquete, inclusive, jogando na Europa, sendo campeã em Portugal. Já recebeu convites para jogar em vários países da América do Sul. Um dia, um câncer apareceu em sua vida, mas, a sua luta, determinação fizeram com que essa doença fosse eliminada, depois de uma pausa, voltou a jogar seu esporte preferido.

                O basquete voltou a ganhar mais uma atleta querida, e seus alunos, as aulas de danças. Hoje, jogando por Jaboticabal e recentemente, defendo a seleção paulista no Master 40, ficando com o vice campeonato do Campeonato Sul Sudeste.

            Agora, já tem o passaporte para disputar o campeonato brasileiro em novembro, na cidade de Caxias do Sul RS

Lidiane fica aqui minha torcida por você e meus agradecimentos por tudo o que fez e continua fazendo pelo nosso Basquete e pela formação cívica e cidadã de centenas de crianças, jovens e mesmo adulto, que são alunos da querida professora Lidi

    • Você é nosso visitante número
      17.209.509

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos