ENTREVISTAS

Nádia Colhado, do Lointek Gernika Bizkaia (Espanha) em entrevista exclusiva

.:: nadia_colhado_do_lointek_gernika_bizkaia_espanha_em_entrevista_exclusiva_50905_1_pt_090545.jpg ::.

Nádia Colhado, do Lointek Gernika Bizkaia (Espanha) em entrevista exclusiva      

Por Domingo Rodríguez García *                                                                                                                                                

Quem não conhece Nadia Colhado no mundo do basquete. A pivô paranaense chegou à Espanha no verão de 2016, quando foi contratada pelo clube IDK Gipuzkoa. Seu primeiro ano na Liga Femenina, foi MVP (melhor jogadora). Daquí foi para Uni Girona (17-19) duas temporadas, onde foi campeã e vice campeã de liga e vice campeã da Copa de la Reina. Volta após um ano na França, para jogar no Lointek Gernika Bizkaia, onde vai cumplir sua segunda temporada. Atualmente, seu time, está na sexta colocação da liga espanhola. 

Para  Chuà Marcos,  falamos com Nadia. 

- Primeira pergunta obrigada, como está vivendo essa temporada tão atípica e complicada. 

 - Realmente essa temporada está sendo bem atípica. Tivemos momentos bem difíceis dentro do time, aonde oito de doze meninas acabaram pegando o Covid e ficamos duas semanas de quarentena. Até hoje não estou 100% recuperada ainda. 

 Com muita experiência no basquete feminino espanhol, qual é a sua opinião do nível e organização dele. 

 - Vejo que o nível da liga do basquete espanhol está cada vez melhor. E essa temporada está sendo bem igualada. Mas um ponto que poderiam melhorar é o calendário do final do ano, principalmente no Natal, aonde é impossível estar com a família e normalmente passamos essa data treinando

Como você vê a partir da distância o futuro do basquete feminino brasileiro. 

 - Sobre o futuro basquete feminino no Brasil, confesso que estou muito otimista. Hoje temos inúmeros talentos reais jogando College e na Universidade nos USA. 

 Finalmente, se adaptou bem nos costumes e culinária espanholas?

 - Essa está sendo minha quinta temporada na Espanha e confesso que aqui foi o lugar mais fácil que me adaptei. Adoro a culinária espanhola, os costumes e as pessoas. 

Obs: Gernika é uma cidade próxima a Bilbao

*Domingo Rodríguez García, vive em Santa Coloma de Gramenet Espanha é atuante da  imprensa especializada em Basquetebol, tendo publicado livros sobre o Basquete Feminino

Domingo é um colaborador de CHUÁ MARCOS

Fotos: arquvo pessoal de Nadia Colhado 

    CONFIRA ALGUMAS FOTOS

    • Você é nosso visitante número
      11.393.230

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos