NOTÍCIAS

09/09/2019

SELEÇÃO FEMININA TEM MOSTRADO EVOLUÇÃO FÍSICA GRADATIVA DURANTE PREPARAÇÃO PARA A FIBA WOMEN'S AMERICUP

.:: selecao_feminina_tem_mostrado_evolucao_fisica_gradativa_durante_preparacao_para_a_fiba_womene39s_americup_40333_1_pt.jpg ::.

A Seleção Brasileira Adulta Feminina tem cumprido bem a sua rotina de treinamentos no Rio de Janeiro (RJ), visando à FIBA Women's AmeriCup – 2019 (Copa América). A competição continental será realizada de 22 a 29 de setembro, em San Juan, Porto Rico.

Inicialmente, as atletas foram avaliadas pela equipe multidisciplinar da comissão técnica e, posteriormente, iniciaram os treinamentos de quadra, focando os aspectos técnicos e táticos, além da preparação física. “A primeira semana foi mais focada na preparação física e conceitos de jogo, procurando uma base para que consigamos desenvolver tudo aquilo que temos planejado da carga técnica e tática. Na segunda semana estaremos mais focados na manutenção física e estrutura tática da equipe”, explicou José Neto.

"Está sendo uma fase de muito aprendizado e treinamento duro, todos os treinos com muita intensidade, tanto tático, quanto físico. Fico muito feliz em estar fazendo parte desse grupo tão comprometido, desde a comissão até as atletas", acrescentou a ala/pivô Gabriela Guimarães.

“Os treinos estão sendo bons, fortes e a preparação intensa. Estamos dando o melhor que podemos para irmos muito bem na FIBA Women's AmeriCup – 2019”, complementou a armadora Lays da Silva.

Já na visão do preparador físico Diego Falcão, as jogadoras estão crescendo fisicamente, o que ajuda em todos os aspectos da preparação. “O grupo está evoluindo gradativamente, não só fisicamente, mas com a mentalidade de treino, acredito que após os Jogos Pan-americanos as meninas mudaram a cultura delas de treinamento, pois muitas já estão se cuidando bem mais, uma vez que entenderam um pouco da nossa proposta e propósito; para o que almejamos, elas precisam estar melhor fisicamente, até mesmo para as necessidades que o José Neto precisa dentro de quadra. As meninas têm evoluído, o basquete feminino como um todo vem nos ajudando bastante, uma vez que conversei com todos os preparadores físicos para nos unirmos, visando um direcionamento da metodologia e todos se mostraram bem abertos na comunicação, tentando ajudar e agregar para que o naipe feminino possa evoluir ”, explicou.

“E vejo esta evolução acontecendo, é notório o crescimento físico das jogadoras; elas retornaram aos seus respectivos clubes, treinaram bastante e modificaram o foco como já citei; acredito que colheremos bons frutos, por isso, espero que na FIBA Women's AmeriCup – 2019 já demonstremos essa evolução. A parceria do Comitê Olímpico do Brasil (COB) com a Confederação Brasileira nos permitiu a realização de todos os exames físicos, com isso, já temos um perfeito direcionamento de tudo que cada jogadora pode fazer e aonde elas podem melhorar”, completou Falcão.

 

A etapa de preparação do selecionado nacional no Rio de Janeiro acontece até 14 de setembro (sábado). No dia 15 de setembro (domingo), já com a equipe definida, a delegação brasileira segue viagem para San Juan.

Convocadas: Alana Gonçalo da Silva (armadora), Clarissa Cristina dos Santos (ala/pivô), Damiris Dantas do Amaral, Débora Fernandes da Costa (armadora), Erika Cristina de Souza (pivô), Erika Regina Leite (lateral), Gabriela Guimarães de Paula (ala/pivô), Isabela Ramona Lyra Macedo (escolta), Izabella Frederico Sangalli (lateral), Juliana Souza Maria (pivô), Lays da Silva (armadora), Maria Carolina Ferreira de Oliveira (pivô), Mariana Moura Queiroz Dias, Nádia Gomes Colhado (pivô), Patrícia Teixeira Ribeiro (escolta), Raphaella Monteiro da Silva (lateral), Tainá Mayara da Paixão (escolta) e Tatiane Pacheco Nascimento (lateral).

Comissão Técnica: Adriana Aparecida dos Santos Lopez (gerente técnica), Bruno Gomes de Valentin (coordenador), Ricardo Brito de Carvalho (administrador), José Alves dos Santos Neto (técnico), Virgil Marc Michel Lopez e João Almeida Camargo Neto (assistentes técnicos), Diego Maroja Falcão (preparador físico), Paulo Roberto de Queiroz Szeles (médico), Isabel Cristina Castro Rosa e Jordana Reis da Silva (fisioterapeutas) e Juliana Angélica Bouvie (massoterapeuta).

COPA AMÉRICA

Na fase inicial da FIBA Women's AmeriCup – 2019 (Copa América), o Brasil aparece no Grupo B, ao lado de Argentina, Paraguai, Colômbia e Estados Unidos. Já o Grupo A conta com República Dominicana, Cuba, Canadá, México e Porto Rico.

Os jogos da Seleção Brasileira na primeira fase são estes:

- 22 de setembro (domingo): Brasil x Colômbia

- 23 de setembro (segunda-feira): Brasil x Argentina

- 25 de setembro (quarta-feira): Brasil x Paraguai

- 26 de setembro (quinta-feira): Brasil x Estados Unidos

Pelo regulamento, na fase inicial as equipes jogam entre si, dentro de suas respectivas chaves, em turno único, e as duas melhores nações de cada uma delas avançam à semifinal, que terá estes confrontos: 1º colocado do Grupo A x 2º colocado do Grupo B e 1º colocado do Grupo B x 2º colocado do Grupo A. Os vencedores das semifinais disputam o título.

Os oito primeiro colocados da FIBA Women's AmeriCup 2019 garantem vaga no Torneio Pré-olímpico das Américas, que ocorrerá em novembro.

Foto: Pedro Kruster/14AG /COB

Fonte: ASE

    • Você é nosso visitante número
      7.037.004

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos