ENTREVISTAS

ANNINHA, DO FOZ BASQUETE, DE FOZ DE IGUAÇU (PR): UMA VERDADEIRA HISTÓRIA DE AMOR AO BASQUETE, FALA DE 2018, SEU ANO DE OURO

.:: conteudo_38316_1.jpg ::.

LEIA A SÍNTESE DOS PRIMEIROS CAPÍTULOS DA MENINA DE TERESÓPOLIS (RJ) E SUA VIAGEM AO MUNDO ENCANTADO DO ESPORTE DA CESTA

Aos 8 anos, ela já participava de uma competição, defendia o Club Municipal, do Rio de Janeiro. Ainda na Cidade Maravilhosa, teve passagens pelo Botafogo, do qual uma torcedora e depois se transferiu para AA Vila Isabel.

            Como uma nave que quer viajar rumo ao Sol,  primeiro precisa dar muitas voltas em torno da Terra para pegar a devida velocidade. Anninha assim fez; foi para o interior fluminense para defender o ABASCA em Cachoeiras de Macacu. Uma vez renovada alçou um voo maior; atravessando a fronteira Rio – São Paulo, pairando em Tupã. Mais um impulso, outra fronteira ultrapassada; chegando a Foz do Iguaçu, no Paraná.

            Decolando dessa Maravilha do Mundo, deixou o Oeste do continente, foi atravessar o grande Oceano Atlântico, chegando ao Velho Mundo: foi a vez da África conhecer suas habilidades com uma bola de basquete nas mãos.

            Eis uma síntese dos primeiros capítulos de uma verdadeira história de amor ao basquete em seus 10 anos dedicados  incondicionalmente ao esporte da cesta. Aos seus 6 anos, já treinava sozinha nas quadras de sua escola em sua bela  Teresópolis. Depois suas viagens para treinos e jogos no Rio de Janeiro, hoje, aos 16 anos ostenta um belo currículo de grandes conquistas, incluindo, a honra de defender as cores da nossa seleção brasileira.

            Em seus 10 anos de carreira, o ano de 2018 foi o seu melhor, vamos sentir essas emoções na narração da responsável por esta história, a sua historia.

Fala Anninha....

"Este ano fez 10 anos que eu comecei a jogar basquete e tudo começou lá trás com o professor Maurição na escolinha de Basquete, desde então passei por muitos altos e baixos, derrotas e vitórias e tudo isso fez com que eu me tornasse cada vez melhor. 2018 com certeza foi o melhor ano, onde joguei pela equipe do Foz Basquete ( Foz do Iguaçu), foram muitas conquistas onde ganhei um total de 10 medalhas durante o ano.

 Com o time de Foz consegui participar do meu primeiro Brasileiro e também do meu primeiro Mundial e de vários outros campeonatos. O mundial escolar 3 x 3 na África do Sul sem dúvidas foi o meu preferido onde ficamos com o segundo lugar e representamos muito bem o Brasil .

 A saudade de casa às vezes batia forte, mas quando dava meus pais arrumavam um tempinho pra passar uns dias lá comigo e também por vídeo chamada que dava pra matar um pouco a saudade.

 Em 2019 é voltar aos treinos e retomar a rotina de treinos, jogos, estudos e continuar atrás dos meus objetivos. Quero agradecer ao meu técnico Claudio Lisboa q me acolheu em 2018 e agora em 2019, também ao Douglas e ao meu preparador físico Maximiano Duarte, as minhas companheiras de time e todos da ABASFI. Sem esquecer de você Marcos do Carmo um grande beijo e obrigada pelo carinho."

CONQUISTAS DE 2018

- Campeãs Taça PR
- Hepta Campeãs Jogos Escolares do Paraná
- Tri campeãs sul brasileira de clubes
- Hexa campeã estadual
- tri campeãs dos jogos da juventude
- vice campeã mundial de basquete 3x3 escolar-África do Sul
- vice campeãs mundiais dos países de língua portuguesa
- vice campeãs brasileiras escolar 5x5

- Campeã Adulta Copa Foz

- Campeã Taça Liga Oeste do Paraná Sub-17

- Vice Campeã Jogos da Juventude Serie B -ABATE- Terra Rica..( fui emprestada pelo Foz para disputar pelo Terra Rica-PR)

Créditos das fotos: arquivo de Anninha

Colaboração: meus agradecimentos ao meu dileto amigo Alexandre Gomes Gonçalves, pai de Anninha

 

 

    • Você é nosso visitante número
      6.236.457

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos