NOTÍCIAS

09/06/2018

Golden State Warriors vence o Cleveland Cavaliers: campeão da NBA

.:: conteudo_36489_1.jpg ::.

Com massacre liderado por Curry, Warriors varrem Cavs e celebram dinastia

O que conteceu nesta sexta-feira foi apenas a confirmação de uma esperada dinastia na NBA, a liga americana de basquete. A vitória por 108 a 85 sobre o Cleveland Cavaliers, fora de casa, deu ao Golden State Warriors o sexto título de sua história, o terceiro em quatro anos, o segundo seguido. Mais do que isso. Uma varrida de 4 a 0 na série final contra LeBron James, em sua provável despedida do atual time em busca de novos ares para a próxima temporada. Ainda serviu para validar uma carreira já estrelada de Stephen Curry, com 37 pontos no jogo do título, em sua quarta decisão. Apesar de sua exibição, o prêmio de MVP ficou com seu companheiro Kevin Durant pelo segundo ano seguido.

Desta vez, Curry usou o jogo do título para comprovar seu valor depois uma exibição bem abaixo do seu nível no duelo anterior, quando marcou apenas 11 pontos. Começou quente, marcando 12 no primeiro quarto, incluindo uma cesta de três incrível. Foi com os arremessos de longa distância que os Warriors rapidamente abriram 11 pontos diante de uma torcida ainda sem conseguir explodir diante da dificuldade dos Cavaliers. O campeão chegou a ter uma vantagem de 28 pontos.

Na defesa, Kevin Durant deu três dos 13 tocos dos Warriors no jogo, um deles em LeBron, e fez uma forte marcação em cima do craque adversário, revezando principalmente com Iguodala. Ainda se manteve como uma arma ofensiva importante, preciso nos arremessos nos momentos mais complicados. Terminou com um triplo-duplo, com 20 pontos, 10 assistências e 12 rebotes.

Cleveland teve seu momento no segundo quarto, quando conseguiu uma boa reação e chegou a liderar por um ponto em um contra-ataque coletivo finalizado com uma enterrada de LeBron. O astro dos Cavaliers fez 23 pontos, pegou sete rebotes e deu oito assistências, mas cometeu seis desperdícios de bola, sem conseguir evitar a sua segunda varrida na história das finais - a primeira foi em 2007, contra o San Antonio Spurs, na sua estreia em decisões da NBA.

Mas os Warriors jogaram para o jogador que é cara da franquia brilhar. E com eficiência. Foi assim na última bola do segundo quarto, quando Steve Kerr pediu um tempo para colocar Curry em quadra e dar a ele mais uma cesta de três antes do estouro do cronômetro. A disposição para marcar seu nome na história das finais foi clara todo o tempo.

Nem as tentativas de reação dos Cavaliers conseguiram impedir a missão dos Warriors, e o jogo ficou mesmo nas mãos de Curry. Além de sua pontuação nesta sexta-feira, convertendo sete de 15 bolas de três, ele ainda colaborou com boas ações defensivas, com três roubadas de bola, e ainda deu quatro assistências e pegou seis rebotes. Até três tocos o armador conseguiu.

Em uma noite com colaboração ainda de Iguodala, saindo do banco de reservas para marcar 11 pontos, e a presença defensiva de JaVale McGee, um fator de mudança da série a partir do jogo 2, os Warriors coroam uma trajetória das mais vitoriosas da história da liga com mais uma conquista em cima do Rei. A expectativa, agora, é do que vem pela frente na NBA. Tanto sobre a durabilidade da dinastia de Golden State quanto em relação ao destino de LeBron, que deixou a quadra ovacionado a quatro minutos do fim, aos gritos de MVP, cumprimentando os adversários, dominantes na conquista do título.

Golden State Warriors 4 x 0 Cleveland Cavaliers

Jogo 1 - 31/5 - Warriors 124 x 114 Cavaliers
Jogo 2 - 03/6 - Warriors 122 x 103 Cavaliers
Jogo 3 - 06/6 - Cavaliers 102 x 110 Warriors
Jogo 4 - 08/6 - Cavaliers 85 x 108 Warriors

Foto: Gregory Shamus/Getty Images

Fonte: Sportv.globo.com

    • Você é nosso visitante número
      5.219.046

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos