NOTÍCIAS

14/05/2018

GRANDES JOGOS NA RODADA DE ABERTURA DA LIGA SÃO PAULO DE BASKETBALL

.:: conteudo_36249_1.jpg ::.

A bola subiu! Os campeonatos da Liga São Paulo de Basketball (LSPB) foram abertos no sábado (12 de maio), com a realização de seis jogos, quatro ocorrendo no ginásio de Esportes Julio Orsi (Tati), no Nacional AC, zona oeste da cidade de São Paulo (SP), e mais dois no ginásio Municipal Parque Celso Daniel, em Santo André (SP).

 

“O começo dos campeonatos da LSPB não poderia ter sido melhor, já que tivemos jogos com bom nível técnico e arbitragem de alta qualidade, com todos os participantes motivados e contentes. Só tenho a agradecer aos envolvidos, parabenizando a todos, as equipes filiadas e o nosso time de trabalho”, comentou Vlademir Pereira Silva, gestor da LSPB.

 

Na capital paulista, o Classic Sports/Araçoiaba da Serra derrotou o Time do Bar (São Paulo), por 75 a 67 (35 a 29 no primeiro tempo), em jogo bastante movimentado e marcado pelo equilíbrio. Os atletas mais efetivos foram Emerson Almeida (23 pontos) e Everson Rodrigues (28 pontos), pela equipe do Interior; Claudinei Silva (26 pontos) e Eduardo Cândido (09 pontos), em favor da equipe da capital.

 

“Conseguimos sair com a vitória neste jogo de nível técnico bastante alto, mas o que vale é a organização do campeonato, que pôde iniciar uma competição desse nível. E, vamos lutar até o final”, analisou Everson Rodrigues, do Classic Sports/Araçoiaba da Serra.

 

“Infelizmente, perdemos o primeiro jogo, mas seguiremos firmes, pecamos muito na defesa e no próximo jogo será diferente. O campeonato está de parabéns pela organização e a expectativa é que sempre cresça daqui para frente”, comentou o pivô Claudinei Silva, do Time do Bar, autor da primeira cesta da Liga São Paulo de Basketball.

 

Na sequência, em mais um duelo acirrado, o Have Fun (São Paulo) suplantou ao Família Ballers (São Paulo), por 53 a 48 (27 a 28 no primeiro tempo). Os maiores pontuadores foram o alemão Nils Radsak (18 pontos), Leonardo Ventre (08 pontos), Virgílio Tattini (08 pontos) e Filipe Bento (08 pontos), todos pelo Have Fun; Jefferson Gonzales (11 pontos), Fábio Marcelino (10 pontos) e Cassius Silva (10 pontos), em favor do Ballers.

 

“Foi um jogo bastante disputado, acredito que faltou um pouco mais de calma para o meu time trabalhar a bola e temos que nos acertar mais com relação ao ataque, já que o adversário marcou bem. A proposta da Liga São Paulo é muito interessante, pois faltava uma coisa nesse sentido no basquete paulista”, analisou André Moraes, do Família Ballers.

 

“Toda vitória é muito bem vinda, ainda mais se tratando de uma estreia. Esperávamos jogar um pouco menos do que jogamos, mas entramos em quadra com muita confiança e a nossa defesa funcionou muito bem, não permitindo os chutes equilibrados deles e isso contribuiu bastante para a nossa a vitória, combinando com um ataque mais equilibrado”, Virgílio Tattini Junior, do Have Fun.

 

O terceiro duelo marcou a abertura do Campeonato Adulto Feminino. E, as comandadas da técnica Stephanie Freitas, do Worlf Girls (São Paulo), superaram um início marcado pelo nervosismo para vencer a Academia AquaFit (Caieiras), por 69 a 48 (47 a 29 no primeiro tempo). As cestinhas foram Patrícia Santos (24 pontos) e Fernanda Nascimento (20 pontos), pela equipe da capital; Sandra Costa (12 pontos) e Lizimar Souza (09 pontos), em favor da agremiação da Grande São Paulo.

 

“Iniciamos agora a temporada e estamos pegando o ritmo, pois estávamos há algum tempo sem jogar, mas o jogo foi bom, o adversário se mostrou bem entrosado e atacou bem. No finalzinho, conseguimos colocar uma defesa e demos uma segurada. Agora, é fazer a preparação já visando o nosso próximo compromisso na Liga São Paulo”, relatou Ariele Prado, da Academia AquaFit.

 

“Conseguimos fazer um bom jogo, embora tenhamos entrado meio mole, não sei se por ser uma estreia, mas conseguimos em seguida encontrar o ritmo ideal, crescendo e desenvolvendo o nosso melhor, além de encaixar a defesa. O ataque fluiu bem”, analisou Juliana Passos, do Wolf Girls.

 

Complementando a jornada no Nacional AC, o organizado e bem preparado EEFE Old School (São Paulo) esteve sempre no comando do placar e derrotou o Casa Branca Alligators (Santo André), por 77 a 53 (39 a 17 no primeiro tempo). Os maiores anotadores foram Paulo Mardegan (27 pontos) e Gabriel Andrade (16 pontos), pela equipe da capital; Rodrigo (21 pontos) e Ricardo Camilo (10 pontos), em favor do time do Grande ABC.

 

“O jogo foi físico, os caras souberam rodar bem a bola e nós tentamos marcar, mas eles ganharam o jogo na linha fora. É um bom campeonato e estamos orgulhosos por estar participando da LSPB”, disse Gabriel Barreto, do Casa Branca/Alligators.

 

“Foi um prazer jogar esta partida, contando com o elenco que treinávamos há dez anos. O jogo foi bem disputado, competitivo e limpo; este campeonato promete ser muito bom, de alta qualidade mesmo”, explicou Gabriel de Andrade, da EEFE Old School.

 

SANTO ANDRÉ

No primeiro jogo do Campeonato Sub-17 Masculino, a APABA/Santo André passou pelo São Matheus (São Paulo), por 90 a 38, atuando no ginásio Municipal Parque Celso Daniel, em Santo André (SP). “A equipe conseguiu um bom rendimento e estreou positivamente na liga São Paulo”, comentou o técnico Choco, da APABA/Santo André.

 

E, concluindo a primeira rodada, novamente pelo Campeonato Adulto Masculino, o PNO Blowers (Santo André) passou pelo Atomics (São Caetano do Sul), por 50 a 44. “O jogo foi duro e bastante disputado, mas tivemos a força necessária para iniciar a competição com o resultado positivo, que era o nosso objetivo”, analisou Enéas Enézimo, do PNO Blowers.

 

HOMENAGEM

Ao longo da primeira rodada, o gestor Vlademir Pereira Silva prestou uma justa homenagem ao árbitro internacional, Carlos Relato dos Santos, maior nome da arbitragem brasileira em todos os tempos, por estar ao lado da Liga São Paulo de Basketball (LSPB), engrandecendo as competições que foram iniciadas. “Ter o Renatinho e sua equipe conosco neste começo de Liga São Paulo é um motivo de extrema alegria e satisfação, pois isso só engrandece os campeonatos, como pudemos verificar na rodada inicial”, comentou Vlademir.

 

“Fiquei muito feliz, pois é difícil receber uma homenagem como esta, especialmente sendo árbitro, mas fiquei, realmente, bastante contente; isso faz com que eu tenha ainda mais motivação para continuar o trabalho, buscando sempre engrandecer o basquete paulista e brasileiro; e a Liga São Paulo me dá a oportunidade de auxiliar de alguma forma no desenvolvimento da modalidade. Trata-se de uma estrutura nova e espero que, inicialmente estamos vendo que sim, mas que venha mais sucesso pela frente. Agradeço a LSPB, na pessoa do Vlademir, salientando que a maior homenagem aconteceu quando fui chamado para comandar o departamento de arbitragem, tendo a chance de colaborar diretamente com o engrandecimento do basquete paulista e nacional”, relatou Renatinho.

 

RESULTADOS

 

1ª rodada – 12 de maio (sábado) – ginásio do Nacional AC

Time do Bar 67 x 75 Classics Sports/Araçoiaba da Serra (Adulto Masculino)

Família Ballers 48 x 53 Have Fun (Adulto Masculino)

Wolf Girls 69 x 48 Academia Aquarium Fit (Adulto Feminino)

Casa Branca Alligators 53 x 77 EEFE Old School (Adulto Masculino)

 

1ª rodada – 12 de maio (sábado) – Municipal Parque Celso Daniel

APABA/Santo André 90 x 38 São Mateus Basketball (Sub-17 Masculino)

Atomics 44 x 50 PNO Blowers (Adulto Masculino)

 

Fotos: Renne Santos/LSPB

 

Legenda 01: O Classics Sports/Araçoiaba da Serra bateu o Time do Bar no primeiro jogo da LSPB

 

Legenda 02: Com excelente rendimento, o Have Fun passou pelo Família Ballers

 

Legenda 03: Carlos Renato dos Santos, maior nome da arbitragem brasileira em todos os tempos, em ação na rodada de abertura da LSB

 

Legenda 04: O Wolf Girls, da técnica Stephannie Freitas, cresceu durante o jogo e estreou positivamente

 

Legenda 05: O técnico Bruno Guidorizzi orienta os atletas do EEFE Old School

Fonte: ASE

    CONFIRA ALGUMAS FOTOS

    • Você é nosso visitante número
      5.411.472

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos