NOTÍCIAS

12/04/2018

NBB CAIXA - Basquete Cearense faz história e avança às quartas de final

.:: conteudo_35966_1.jpg ::.

Diante de mais de 8 mil pessoas no Paulo Sarasate, Carcará bateu Pinheiros de maneira dramática e venceu sua primeira série de playoffs na história do NBB CAIXA: 3 a 1

Foram seis anos esperando por esse momento. Mas agora, ele finalmente chegou. Na noite desta quarta-feira (11/04), diante de 8.115 pessoas no Ginásio Paulo Sarasate, o Solar Cearense superou o EC Pinheiros, por 64 a 63, fechou a série oitavas de final em 3 a 1 e venceu sua primeira série de playoffs na história do NBB CAIXA.

Essa foi a primeira vez que o Solar Cearense venceu uma série de playoffs na história do NBB CAIXA. Desde sua entrada no campeonato, na temporada 2012/2013, a equipe foi ao mata-mata quatro vezes, mas nunca venceu uma série. O tabu, enfim, acabou!

“O coração está tinindo. Tenho três corações. Tivemos méritos para ganhar essa partida, difícil, por 1 ponto de diferença. O Pinheiros é uma grande equipe, é uma potência olímpica. Conseguimos vencer três jogos deles, conquistamos esse feito inédito para o Solar Cearense e estou muito feliz”, comentou o técnico e um dos gestores do projeto do Solar Cearense.

Em ato histórico, o Basquete Cearense quebrou o mando de quadra do Pinheiros, fechou a série em 3 a 1 e voltou às quartas de final depois de duas temporadas. Agora, o adversário na próxima fase será o vice-líder Paulistano/Corpore, equipe responsável por eliminar o Carcará nas oitavas da temporada passada, por 3 a 2.

A união do grupo todo fez a diferença do Carcará, que foi empurrado por mais de 8 mil vozes para alcançar esse feito. Os destaques individuais ficaram por conta do ala Betinho, que beirou o duplo-duplo ao registrar 14 pontos e nove rebotes, o ala/pivô Felipe Ribeiro, também com 14 pontos, e o pivô Leozão, que deixou a quadra com um duplo-duplo de 11 pontos e 14 rebotes.

+Confira estatísticas, fotos e a matéria completa de Basq. Cearense x Pinheiros

“Olha isso, cara... (festa). Isso não tem preço. Só a gente sabe o que o Bial faz aqui para ter basquete no Ceará, no Nordeste. Essa festa coroa tudo que passamos durante a temporada. Passamos por maus momentos, o time não encaixou no início, todos duvidaram da gente, mas nos unimos, mostramos que temos coração forte e demos a volta por cima. Esse momento veio para coroar”, disse.

Um dos fatores fundamentais para a vitória do Solar Cearense foi Sualisson. Membro do elenco do Carcará desde 2013/2014, o ala nascido em Campina Grande (PB) tem características que simbolizam um pouco do que foi a conquista da equipe: garra e perseverança. O jogador, que luta a cada dia por seu espaço desde que chegou ao time, saiu do banco e totalizou decisivos 13 pontos, sendo nove deles no último quarto. Ao final da partida, ele não segurou as lágrimas e soltou o grito da classificação.

“Não tenho palavras para descrever esse momento. Esse time se superou a cada dia. Fizemos uma fase de classificação ruim, mas conseguimos nos acertar nos últimos jogos, marcamos bem e entramos nos playoffs confiantes. Todos foram bem e fizeram de tudo para que isso aqui acontecesse. Só tenho a agradecer a essa torcida maravilhosa que fez total diferença para nós”, disse o emocionado Sualisson.

O Carcará disputou as quartas na edição 2015/2016, quando terminou a fase de classificação no G-4 e conquistou a vaga direta, mas acabou eliminado pelo Mogi, por 3 a 1. Agora, está novamente entre as oito melhores equipes do país e terá o atual finalista do NBB CAIXA pela frente.

O Pinheiros ficou em vantagem durante quase 30 minutos e chegou a ter 12 pontos de frente no início do confronto. No entanto, sofreu a virada e acabou eliminado. O destaque da última partida pinheirense na temporada ficou por conta do armador norte-americano Corderro Bennett, cestinha do duelo, com 18 pontos, além de sete rebotes e quatro assistências (20 de eficiência). Com a eliminação, a equipe terminou a décima edição do NBB CAIXA na nona colocação geral.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Vitória e Minas decidem vaga nas quartas em Jogo 5 nesta quinta

Mais uma vaga nas quartas de final será definida na noite desta quinta-feira (12/04). No Ginásio de Cajazeiras, em Salvador (BA), Universo/Vitória e Minas Tênis Clube farão o Jogo 5 da série oitavas de final, às 20 horas (de Brasília), com transmissão ao vivo via Facebook Live.

Até o momento, todos os jogos da série foram vencidos pela equipe que jogou em casa. Em toda a história do NBB CAIXA, 80% dos Jogos 5 de playoffs tiveram o time mandante como vencedor. Será que a história vai pesar?

Confira o calendário completo das oitavas de final:

– Banrisul/Caxias Basquete (5º) 3 x 0 Botafogo (12º)
Caxias enfrentará o Mogi nas quartas

Jogo 1 – Botafogo 90 x 95 Caxias
Jogo 2 – Caxias 79 x 52 Botafogo
Jogo 3 – Caxias 80 x 64

– Sendi/Bauru Basket (6º) 3 x 1 Vasco (11º)
vencedor pega o Franca

Jogo 1 – Vasco 84 x 93 Bauru
Jogo 2 – Bauru 89 x 92 Vasco
Jogo 3 – Bauru 83 x 79 Vasco
Jogo 4 – Vasco 103 x 104 Bauru

– Pinheiros  (7º) 1 x 3 Solar Cearense (10º)
Cearense enfrentará o Paulistano nas quartas

Jogo 1 – Basquete Cearense 73 x 82 Pinheiros
Jogo 2 – Pinheiros 60 x 64 Basquete Cearense
Jogo 3 – Pinheiros 62 x 75 Basquete Cearense
Jogo 4 – Basquete Cearense 64 x 63 Pinheiros

– Universo/Vitória (8º) 2 x 2 Minas Tênis Clube (9º)
vencedor pega o Flamengo

Jogo 1 – Minas 80 x 65 Vitória
Jogo 2 – Vitória 71 x 63 Minas
Jogo 3 – Vitória 74 x 65 Minas
Jogo 4 – Minas 75 x 64 Vitória
Jogo 5 – 12/04 (quinta), às 20 horas, no Ginásio de Cajazeiras, em Salvador (ao vivo no Facebook)

* Se necessário

Fonte: LNB

    • Você é nosso visitante número
      4.869.710

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos