NOTÍCIAS

13/01/2018

SANTO ANDRÉ/APABA DERROTA SÃO BERNARDO/INSTITUTO BRAZOLIN/UNIP NA ABERTURA DA LBF CAIXA

.:: conteudo_35182_1.jpg ::.

O começo assustou, mas o Santo André/APABA superou o nervosismo e venceu o São Bernardo/Instituto Brazolin/Unip por 74 a 51, no clássico do ABC paulista que abriu a LBF CAIXA 2018, disputado no Ginásio Pedro Dell’Antonia, em Santo André (SP). A ala-pivô Silvinha foi o grande destaque da vitória andreense com 22 pontos e 7 rebotes. Geovana Fonseca liderou a pontuação de São Bernardo com 12 pontos.

A partida

O primeiro tempo viu um São Bernardo/Brazolin/Unip muito eficiente, graças ao bom aproveitamento de Lays e Milena. Santo André/APABA errava muito ofensivamente e permitiu que as visitantes chegassem a abrir 18 pontos de diferença. No fim do 1º período, o placar apontava 26 a 9 para a equipe são-bernardense. No segundo quarto, as donas da casa começaram a reagir. Ao final do 1º tempo, Silvinha já liderava com 15 pontos, mas a vantagem ainda era das visitantes (27×34).

No segundo tempo, a inexperiência pesou e São Bernardo passou a errar nas saídas de bola, permitindo os contra-ataques andreenses. Controlando as ações, Santo André/APABA virou a partida com apenas dois minutos em quadra, com as contribuições de Erika, Silvinha e Jaqueline e assim seguiu para fechar o quarto nove pontos à frente (55×46).

No último período, Santo André ampliou ainda mais sua vantagem, chegando a abrir parcial 17×0. Muito pressionado, São Bernardo só voltou a pontuar a dois minutos do fim. Lays e Milena, que haviam comandado o bom começo da equipe, ficaram zeradas na segunda etapa. Ao fim, Santo André conseguiu reverter um déficit de 18 pontos para fechar a partida com 23 de vantagem.

“O time entrou com muita ansiedade, muito tempo sem jogar, vindo de um ano perfeito. São Bernardo é um time muito novo mas muito bom, com muita volúpia. Mas nosso time é bem experiente e soube jogar na hora importante. Importantíssimo ganhar o primeiro jogo, dentro de casa. A torcida compareceu e foi bonito”, disse Silvinha, cestinha da estreia.

“O nervosismo atrapalhou, abrir muito o placar deixou a gente muito eufórica e a adrenalina foi maior do que imaginávamos. A juventude não pode atrapalhar e não pode ser uma desculpa, mas ainda não estamos tão entrosadas quanto gostaríamos”, lamentou a pivô Geovana, de São Bernardo.

Bruno Guidorizzi, técnico andreense, avaliou a vitória.”Estreia é estreia. Pra virar um jogo desse a experiência conta. Tivemos um mau momento, mas paramos, nos equilibramos e nosso jogo foi recuperando. A gente sonha alto e precisa estar focado. Teremos outras equipes pela frente que não vão vender fácil uma diferença dessa”, pontou Guidorizzi.

Para Marcio Bellicieri, há muito o que melhorar para a sequência do campeonato: “Temos ciência que nosso time é imaturo e a gente paga por esse preço. Santo André mudou a defesa para zona e paramos de pontuar. Mas tem muito trabalho pela frente, de rebote, defesa e a gente espera que no próximo mês o time esteja melhor”, analisou o treinador são-bernardense.

O Santo André/APABA volta à quadra na próxima sexta, quando recebe o Poty/BAX/Catanduva. No mesmo dia, o São Bernardo/Instituto Brazolin/Unip estreia em casa contra Presidente Venceslau.

A CAIXA, junto ao Governo Federal, é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete Feminino, que organiza a LBF CAIXA. A competição tem a TV Gazeta como emissora oficial, a TV Globo, o SporTV e o globoesporte.com como parceiros de mídia oficiais, a bola oficial da Wilson e a AND1 como marca esportiva oficial.

por Liga de Basquete Feminino

Foto: Jorge Bevilacqua/Basquete Santo André

    • Você é nosso visitante número
      4.869.674

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos