NOTÍCIAS

26/05/2024

ENZO RUIZ ATUA NA LINHA DE FRENTE PARA AJUDAR AS PESSOAS QUE SOFRERAM COM A DESTRUIÇÃO CAUSADA PELAS ENCHENTES NO RS

.:: enzo_ruiz_atua_na_linha_de_frente_para_ajudar_as_pessoas_que_sofreram_com_a_destruicao_causada_pelas_enchentes_no_rs_64149_1_pt_112421.jpg ::.

Enzo Ruiz, jogador que defendeu o União Corinthians no NBB CAIXA 2023/24, foi ao socorro das pessoas que sofreram por causa das enchentes em cidades vizinhas a Santa Cruz do Sul

Enzo Ruiz avança, olhar atento. Ele não está na quadra, o objetivo não é encontrar um companheiro livre para um passe ou tentar um arremesso. No lugar do tênis, botas de borracha. O terreno é lama. O cenário, devastador. O ala que defendeu o União Corinthians, equipe de Santa Cruz do Sul (RS) que participou do NBB CAIXA 2023/24, disputou sua partida mais difícil na temporada. Ao lado de um grupo de amigos, o argentino partiu para cidades vizinhas com o intuito de ajudar as pessoas que sofreram com a destruição causada pelas enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul.

O jogador deixou sua casa pela primeira vez em 3 de maio. A primeira parada foi na cidade de Sinimbu. Ficou lá até não existir mais possibilidade de ajudar por causa da ausência de luz natural. Voltou no dia seguinte, depois no outro e no outro novamente. Iniciou uma rotina que não tem data para terminar. O processo de reconstrução será bastante longo.

"As pessoas perderam tudo, não têm mais absolutamente nada. A casa foi completamente destruída, não tem onde morar, não tem mais emprego. Não é impossível, claro, porque existe muitas pessoas querendo ajudar, mas vai demorar muito tempo para que tudo possa ser reconstruído", afirmou Enzo Ruiz.

O argentino não vai esquecer tão cedo tudo o que viveu neste quase um mês em que se entregou de corpo e alma ao lado da esposa Maria para ajudar as pessoas que foram afetadas pelas enchentes. "Vivi situações que eu nunca pensei que iria passar. Cheguei em um lugar com minha esposa e tinha uma criança. Ela saiu de casa desesperada, perguntando o que nós tínhamos. A minha esposa perguntou o que ela queria? E ela falou que só queria uma manta nova. A minha esposa deu uma manta e ela deu um abraço nela, que me arrepio ainda apenas de lembrar por dar esse pouquinho de alegria entre tanta tristeza. Falei para minha esposa: não sei como, mas temos de continuar ajudando."

A primeira incursão de Enzo Ruiz foi um dia depois das águas baixarem em Sinimbu. "A gente chegou quando as famílias estavam querendo voltar para suas casas. O panorama era de tristeza, porque era uma destruição total. Não tinha uma casa inteira. O nível do rio aumentou 34 metros. A cidade ficou debaixo da água. Não conseguimos avançar duas quadras. Eram carros virados, árvores...", relembrou. "Você parava apenas para tomar uma água e olhava para o lado na rua e parecia que estávamos em uma guerra. Pessoas que choravam, familiares que se reencontravam. Foi muito triste esse primeiro dia."

Enzo Ruiz contou que neste primeiro dia o seu grupo, que contava também com o ex-jogador Leonardo Assmann, que defendeu o União Corinthians na temporada 2021/22 do NBB CAIXA, centrou os esforços em ajudar um casal que era dono de uma lavandeira. "Eles estavam parados apenas olhando para o que restou da casa, tentando entender, não sabiam nem por onde começar. Chegamos lá às 7h e ficamos lá até 18h. Eram 15 pessoas ajudando na casa. O maquinário estava travando a entrada, conseguimos ajudar, mas infelizmente eles perderam tudo. Não conseguiram recuperar nada", afirmou. "Eles queriam apenas limpar um dos quartos para conseguir dormir."

A rotina continuou no dia seguinte. O argentino explicou que Santa Cruz do Sul não sofreu muito, apenas dois bairros foram atingidos, e, por isso, se tornou um local importante para o recebimento de doações e serviu como quartel-general do exército, com diversos helicópteros chegando diariamente com todo o tipo de ajuda. Outras cidades vizinhas, como Rio Pequeno, Rio Prado, Venâncio Aires, Estrela, Lajeado, segundo Enzo Ruiz, foram bastante afetadas.

O grupo de Enzo Ruiz alcançou lugares em que famílias haviam ficado isoladas. "Chegamos em uma vila, com umas 30, 40 famílias, e conseguimos fazer um helicóptero pousar. Todos eles estavam em uma única casa. Não haviam tido contato com ninguém. Conseguimos levar travesseiros, mantas, cestas básicas", explicou o jogador, que conseguiu essas doações com ajuda da ONG Foco Empreendedor, onde sua esposa trabalha. "Fiquei surpreso com essa situação de solidariedade. Foi um motivo de alegria ver muitas pessoas querendo ajudar. Essa sensação de dar um pouquinho."

O jogador contou que conseguiu ajudar também um garoto que é torcedor do União Corinthians. O pedido de socorro foi feito pelo Instagram após Enzo Ruiz fazer uma postagem. "Era um torcedor fanático, que gostava muito do meu jogo. Ele quase me pediu desculpa por ter enviado uma mensagem, mas eu que agradeci por conseguir ajudá-lo. Levei uma camisa para ele e para o pai", afirmou o argentino. "Conseguimos limpar tudo, tirar tudo que ele tinha dentro da loja e, depois disso, ele iria pensar em reconstruí-la."

Após quase um mês de viagens diárias para cidades vizinhas, Enzo Ruiz deixa Santa Cruz do Sul aos finais de semana para continuar o trabalho de reconstrução. Ele promete não medir esforços. "As pessoas me perguntaram se eu estou cansado. O melhor de tudo era chegar ao final do dia e receber o abraço dessa família que tinha passado por tudo isso. Aquele gesto pagava tudo e tirava qualquer cansaço, fadiga e queria voltar no outro dia."

Arquibancada solidária

A Liga Nacional de Basquete, o Caxias Basquete e o Esporte Clube União Corinthians continuam com uma importante campanha para que os torcedores e fãs de basquete possa ajudar a população do Rio Grande do Sul a enfrentar a destruição causada pelas enchentes que devastaram o estado. Basta acessar o link https://www.totalticket.com.br/evento/23400 e escolher a quantidade de ingressos virtuais desejados, fazer o pagamento via pix e pronto, você já estará ajudando a salvar vidas e apoiar desabrigados. O período para doações será até 7 de junho.

Fonte: LNB

    • Você é nosso visitante número
      17.281.854

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos