NOTÍCIAS

22/04/2018

NBB: Paulistano vence Solar Cearense e faz 2 a 1 na série

.:: conteudo_36062_1.jpg ::.

O Paulistano/Corpore está na frente na série contra o Solar Cearense. Na manhã deste domingo (22/04), a equipe paulista fez valer o mando de quadra mais uma vez, venceu o Jogo 3 pelo placar de 79 a 68 e abriu 2 a 1 de vantagem no confronto válido pelas quartas de final do NBB CAIXA 2017/2018.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

E agora? O Jogo 4 da série acontece nesta quarta-feira (25/04), às 19h30, no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, com transmissão ao vivo dos canais SporTV. O Paulistano joga para tentar garantir a classificação às semifinais, enquanto que o Cearense busca forçar a realização do Jogo 5.

Fez por merecer: Depois de ver o Basquete Cearense fechar o primeiro quarto na frente (27 a 17), o Paulistano virou o jogo logo na parcial seguinte e depois não perdeu mais a ponta do placar. Com boa regularidade ofensiva durante todo o segundo tempo, a equipe firmou uma vantagem confortável no placar no terceiro período e fechou o jogo com tranquilidade o jogo nos dez minutos finais.

Fala aí: “O mais importante de tudo foi que conseguimos impôr o nosso ritmo. Não começamos o jogo tão bem, mas a partir do segundo quarto aceleramos o jogo e passamos a levar vantagem sobre eles. Seguramos eles em 68 pontos e isso mostra que nossa defesa funcionou muito bem. Mas ainda falta uma vitória para nosso objetivo e vamos para vencer lá em Fortaleza”, disse o armador Elinho, do Paulistano.

Dia da molecada: O “trio de ouro” de garotos do Paulistano fez a diferença. Com 17 e 16 pontos, respectivamente, Deryk e Lucas Dias foram os cestinhas do Paulistano e tiveram atuações decisivas neste domingo. Já o armador Yago marcou todos os seus dez pontos no segundo tempo e também foi bastante importante na vitória.

Mr. Eficiência: Outro destaque do Paulistano neste domingo foi David Nesbitt. Apesar de marcar apenas oito pontos, o ala/pivô nascido nas Bahamas registrou dez rebotes, três assistências e três bolas recuperadas e foi o jogador mais eficiente da partida (23).

Tentaram de tudo: Do lado cearense, os atletas mais efetivos em quadra foram Betinho e Davi Rossetto. O primeiro foi o cestinha da equipe, com 15 pontos. Já o capitão da equipe somou 14 pontos, quatro assistências e quatro rebotes. Com a rotação reduzida devido ao desfalque de Paulinho, os dois atletas tiveram que ficar mais de 36 minutos em quadra cada.

Fala aí: “Estamos com a rotação um pouco reduzida e isso fez a diferença hoje. O Paulistano tem mais jogadores para rodar e joga numa intensidade muito alta. Fizemos um segundo e quarto períodos muito ruins ofensivamente e isso é reflexo desse cenário. Mas isso é algo que a gente consegue ajustar e vamos com tudo para o Jogo 4”, disse Davi.

De um jeito diferente: Acostumado a ter as bolas de 3 como fator decisivo, o Paulistano teve grande desempenho nos arremessos de dois pontos, com expressivos 21 acertos em 33 tentativas (63,6%), contra 15/35 dos rivais (42,9%). Nos tiros de longa distância, as duas equipes tiveram dez acertos, só que os paulistas tentaram dez arremessos a mais (35 a 25).

Um do Carcará… O primeiro quarto foi amplamente dominado pelo time nordestino. Com um incrível aproveitamento nos arremessos – 4/7 nas bolas de 3 e 7/11 nas bolas de 2 –, a equipe teve grande produção ofensiva durante todo o período, rapidamente se firmou na liderança e abriu dez pontos de vantagem (27 a 17). O destaque individual ficou por conta de Felipe, autor de 11 pontos.

…outro do CAP: Só que no segundo período, o jogo virou, literalmente. O time paulista acertou sua defesa e deixou os rivais sem pontuar por mais de sete minutos. Do outro lado da quadra, com boa produção coletiva, não demorou a reduzir rapidamente a diferença e assumir a liderança. Depois de vencer a parcial por 20 a 6, o Paulistano chegou ao intervalo vencendo por 37 a 33.

Lá e cá: Durante praticamente todo o terceiro quarto, as equipes “trocaram cestas” e o jogo ficou bastante dinâmico. Na reta final do período, Yago acertou duas bolas de 3 seguidas e colocou a vantagem do Paulistano em dez pontos (59 a 49). Só que, com boas jogadas de Davi, o Carcará marcou cinco pontos seguidos e cortou o prejuízo para cinco pontos antes do início do último quarto.

Não deu chance: O time paulista foi superior na parcial final. Com boas participações de Elinho, Yago e Deryk, a equipe do técnico Gustavo De Conti teve produção ofensiva regular, enquanto que do outro lado o Solar Cearense não conseguiu bom rendimento em seu ataque.

Foto: Divulgação/LNB

Fonte: lnb.com.br

    • Você é nosso visitante número
      9.036.890

    • FOTOS & FOTOS

    • MARCOS DO CARMO

      Chua Marcos